Geral No meio do mundo

Retorno das atividades de incentivo à leitura pelos rios do Amapá através do projeto Barca das Letras

Imagem: Divulgação

Barca das Letras é o nome do projeto de biblioteca itinerante que, desde 2008, navega pelos rios do Amapá e cujo o objetivo é o estímulo da leitura, distribuição de livros e gibis para as crianças moradoras de comunidades ribeirinhas do estado. Este ano o projeto retorna às suas atividades. As comunidades que receberão a visita do projeto este mês, dos dias 14 a 17 de fevereiro, serão as de Santo Antonio da Pedreira, de Macapá, São Tomé e a da Foz do Rio Macacoari, da localidade do Itaubal.

Entre as diversas atividades desenvolvidas a cada visita estão as rodas de leitura, contação de histórias, desenhos e pinturas, brincadeiras, distribuição de obras literárias infantis, assim como histórias em quadrinhos que as crianças podem levar para suas casas. Além disso, tem a apresentação do espetáculo “Trupe Nós, os Peraltas” que animam o encontro.

Imagem: Divulgação

Os voluntários que participam do projeto são artistas do campo do teatro, como a Palhaça Zitinha (interpretada por Lú Maués) e palhaço Bufo (Jony Russel), ambos vindos de Belém. Acompanhando a dupla também estão o palhaço Ribeirinho, que é o personagem do amapaense Jonas Banhos, que é atualmente mora em Brasília e é a pessoa que coordena e idealizou o projeto Barca das Letras. A ação é apoiada pela Escola Estadual Eugênio Machado, pelo Rio Pedreira Eco Hostel, assim como também pelas lideranças das comunidades visitadas.