Música

Igarapé Elétrico: Conheça Lohan Souza, o cantor e compositor que que mistura regiões

O amapaense, atualmente residindo em Goiás, está produzindo o álbum “Igarapé Elétrico”, o primeiro da sua carreira, e já possui sete músicas.

Por Valdeí Balieiro

O cantor e compositor amapaense, Lohan Souza está a todo vapor produzindo canções que trazem um pouco da mistura do norte com o centro-oeste do país. Neste mês, o cantor lançou as canções “Pega o beco” e “Eu quero um sinal”, a sexta e sétima de seu álbum, respectivamente.

A canção “Pega o Beco” traz, segundo o próprio Lohan contou em sua rede social, uma mistura de ritmos com um pouco da cultura amapaense, além de fazer uma crítica para quem prefere ter a desinformação como verdade.

“‘Pega o beco meu irmão’ é um apelo à lucidez, uma provocação ao pensamento crítico em uma era marcada pela desinformação e distorção dos fatos. Os ritmos e a ancestralidade do Marabaixo, a maior expressão artística e cultural do meu Estado, Amapá; estão presentes nesta música”, explicou o cantor.

Lohan, que está em Goiás produzindo o álbum “Igarapé Eletético”, conta ainda que, durante a espera no trânsito para o semáforo o abrir, conseguiu compor outra canção chamada de “Eu quero um sinal”. É a sétima do álbum e traz um tom mais romântico de alguém que quer “avançar o sinal” em um relacionamento, mas aguarda a decisão de outra pessoa.

Compus essa música enquanto esperava o sinal abrir, a melodia veio e comecei cantar no meio da rua até fixar a letra”, conta Lohan em sua rede social oficial informando ainda as plataformas onde a canção está disponível para quem quiser ouvir.

Origem

Nascido em Macapá, Lorran Henrique Guimarães Souza ou simplesmente Lohan Souza desde cedo foi sendo acostumado à música e a cultura. O cantor têm como referências a Música Popular Amapaense (MPA) com Clara Nunes, Patrícia Bastos e Zé Miguel, a Música Popular Brasileira (MPB) com Caetano e Gil, e o Pop alternativo. Para Lohan, sua mãe é a principal incentivadora e, através dos clipes musicais, passou a se interessar em desvendar esse país multicultural e conhecer as cidades que assistia nos vídeos.

Em casa, as coisas nunca foram fáceis, mas minha mãe sempre dava um jeito de comprar livros, revistas em quadrinhos e, claro, muita música. No início dos anos 2000 me interessei ainda mais por música e sempre me imaginava nas cidades que via nos clipes”, disse Lohan Souza.

Mudança para Goiás

Desde que se encantou por querer conhecer o resto do país, Lohan logo decidiu concorrer a uma vaga em um curso do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no estado de Goiás, centro-oeste do país. O incentivo para ir morar na capital goiana partiu de uma amiga que já residia na cidade e motivava Lohan a buscar o seu sonho.

Paixão por poesias

Acostumado a escrever poesias, Lohan acredita que isso tenha lhe ajudado a seguir a carreira na música. O dom para compor canções e o fato de ter se tornado professor e profissional em marketing é atrelado as incansável vezes que se dedicou a escrever poesias.

Desde criança eu abria o caderno e começava a rabiscar, mas achava tudo ruim demais. Vez ou outra alguém falava que eu escrevia bem, mas eu não levava muito a sério”, revelou o cantor por meio de sua assessoria.

Álbum Igarapé Elétrico

É seu primeiro álbum e terá nove composições inéditas e autorais. Lohan acredita que cada canção desse projeto carrega um pouco de histórias reais, experiências próprias ou referências de vida que surgem a qualquer momento como um “gatilho” que surge em qualquer momento. Exemplo dado anteriormente de como foi a composição da música “Eu quero um sinal”. Parado em um semáforo, o artista compôs e com as palavras que lhe surgiam à cabeça dando vida ao que ele próprio chama de “mensagem”.

O nome do álbum é uma referência, segundo o próprio Lohan conta, à cultura da Amazônia, mais precisamente ao Amapá, seu estado natal. Aquela ideia dos banhos em igarapés cercado de contos de lendas e lembranças de uma infância com energia da região norte deram origem ao nome da música e, posteriormente, do álbum.

Nesse projeto, Lohan prefere distribuir créditos aos produtores Dênio de Paula e Daniel de Paula, da Tambor Cantante Produções. Ele revela que o lançamento deverá acontecer até o término deste mês com shows em Goiânia e Macapá marcados para fevereiro.

Meu produtor, Dênio de Paula, me ajudou bastante na escolha das faixas e, em janeiro, lançarei o álbum para, no início de fevereiro, fazer um show de lançamento em Goiânia e outro em Macapá”, revelou Lohan Souza.

Faixas do álbum

Além da faixa Igarapé Elétrico, o Lohan Souza já lançou as canções New Age, Pretou, Brilhou, Me descobri artista no Goiás, Pega o Beco e Eu quero um sinal. Todas já estão disponíveis nas plataformas digitais do artista.

 

 

 

Coluna On

Coluna ON é um portal que vai além das notícias, agregando jornalismo cultural de qualidade com a agilidade da linguagem das redes sociais.

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: